Capela da Misericórdia

A atual capela da Misericórdia de Riba de Ave, mais conhecida por capela do Hospital, foi até Julho de 1950 a Igreja da Paróquia de Riba de Ave. A sua construção situa-se algures no século XVIII e terá sido a sucessora de outra ou outras igrejas primitivas, que se presume haver referências que remontam ao século VI e seguintes.

"A notícia  que nos chega da Igreja paroquial de Riba de Ave, por meados do século XVI é a de um templo pequenino, sem frestas, sem coro, nem púlpito, sucessivamente acrescentado não possuindo cruzes na empena do seu cruzeiro, nem na frontaria e campanário que estava colocado ao cimo da porta principal" (Fernandes, 1994).

Tal campanário terá sido "destruído em fins do século XIX", para dar lugar a uma torre sineira "de planta quadrada, rematada em cone, de quatro janelas com igual número de sinos, entre os quais, um de enorme tamanho (o sino grande), que para ser «erguido» obrigava" (Correia do Souto, 1985) ao esforço denotado de dois homens. Esta torre terá sido levantada pelo pároco abade Joaquim Dias Alves Pimenta, em 1844, entre as várias obras de remodelação a que procedeu na esteira dos antecessores.

"Possuía, também, um alpendre ou cabido antecedendo a porta principal" (Fernandes, 1994).

Em 1950, esta antiga Igreja paroquial de Riba de Ave foi demolida e, pedra por pedra, transladada "para junto do Hospital de Riba de Ave e a ele anexada e afeta ao serviço religioso". Desde essa data, passou também a ser a Igreja da Misericórdia.

Na sua curta história capela do Hospital e Igreja da Misericórdia teve como Capelães os seguintes Reverendo Padres:

• Manuel Bouça de 1950 a 1956;

• Dr. Aurélio Fernando Martins Pereira de 1956 a 1970;

• Narciso Conceição Ramos Melo de 1970 a 1993.

 

Solicite a presença do seu guia religioso/espiritual.

Na capela da Santa Casa da Misericórdia de Riba de Ave é celebrada Missa todas as quartas-feiras pelas 17h30.

A Comunhão é proporcionada todos os Domingos, pelas 10h15, nos serviços de internamento. Solicite se a desejar.